“Drogas da Inteligência?”: Cartografando as controvérsias do consumo da Ritalina® para o aprimoramento cognitivo

Cristiana de Siqueira Gonçalves, Rosa Maria Leite Ribeiro Pedro

Resumen


O consumo da Ritalina® para o aprimoramento cognitivo vem aumentando no Brasil e no mundo, atraindo a atenção de diversos estudiosos que vêm discutindo as questões éticas envolvidas nesse consumo, denominado off-label, que ainda portam muitas controvérsias. O presente artigo apresenta algumas controvérsias referentes aos riscos e efeitos do consumo da Ritalina para fins de aprimoramento cognitivo, bem como as expectativas em relação ao futuro desse consumo. Para tanto, foi realizada uma pesquisa na qual foram entrevistados psiquiatras, propagandistas da indústria farmacêutica e consumidores destes medicamentos. Os resultados apontam para a centralidade do respaldo médico ao consumo, o que converge para as análises voltadas para a medicalização e farmaceuticalização da sociedade contemporânea; e para a prevalência da performance sobre o risco, em sintonia com os valores próprios à atualidade.


 


Palabras clave


Ritalina; Biotecnologias; Medicamentos psicotrópicos; Cartografia das controvérsias

Texto completo: PDF (Português (Brasil))